Guia detalhado do Modo de Recuperação Avançado para a Trezor One

Nota: Artigo originalmente publicado em 2017 no blog da Trezor, traduzido e adaptado neste blog usando a versão 1.9.0 da Trezor One.

Você deve ter visto em nosso artigo anterior que é possível recuperar suas moedas na Trezor One sem precisar digitar sua semente mestre no computador, utilizando o método de recuperação avançada de Jochen Hoenicke na interface do usuário da carteira Trezor One. Esse método de recuperação garantirá que nenhuma parte de sua semente jamais seja revelada ao seu computador.

O recurso está disponível na Trezor One desde a versão 1.4.2 do firmware.

Recuperação avançada é um recurso avançado

Leia este guia complementar antes de usar este método de recuperação.

Não sabe ao certo para que serve a “Recuperação“? O processo de recuperação restaura sua semente na sua Trezor One, permitindo que você use as mesmas carteiras e credenciais de antes.

Quão segura é a recuperação padrão?

Para verificar todas as combinações de uma semente de 24 palavras, o invasor precisaria executar o SHA-512 (24! ÷ 256 × 8096)

19 621 680 704 813 697 269 760 000 vezes.

Usando o Modo de Recuperação Padrão, você deve inserir sua semente de recuperação na interface da Trezor Wallet em uma ordem aleatória para ofuscar a combinação correta. Portanto, o processo de recuperação padrão ainda é muito seguro, pois é altamente improvável que alguém acesse sua carteira, apesar de conhecer sua semente fora de ordem.

Mais informações sobre ameaças à segurança podem ser encontradas no Trezor Wiki.

Apresentando a recuperação avançada

Ao contrário do Modo de Recuperação Padrão, o Modo de Recuperação Avançado ofusca completamente as letras digitadas no computador. Em vez de digitar palavras inteiras em uma ordem aleatória, você estará inserindo letras individuais no teclado PIN em uma ordem regular. O computador nunca saberá qual letra está sendo inserida, pois o layout do teclado PIN muda constantemente.

No entanto, reconhecendo a possível curva de aprendizado íngreme, o tempo necessário para usá-la e a segurança do processo de Recuperação padrão, o Modo de Recuperação avançado não é uma opção padrão na Trezor Wallet.

Guia detalhado do Modo de Recuperação Avançado

O uso da recuperação avançada exigirá mais tempo em comparação com o método de recuperação padrão. Comece conectando sua Trezor One não inicializado ao seu computador, navegue até a Trezor wallet e selecione Recover Wallet.

Escolha a extensão da sua semente de recuperação (semente principal). Se você estiver recuperando a carteira de uma Trezor One, a extensão da semente será de 24 palavras. Não se esqueça de marcar a caixa de seleção “Advanced Recovery” antes de clicar em “Continuar“.

Caso esteja tentando recuperar uma carteira protegida por Passphrase BIP39, marque a opção “I used passphrase before” caso não tenha usado Passphrase, ignore e clique em continuar (Você pode ativar depois nas configurações da Trezor) é um recurso totalmente opcional, para saber do que se trata a Passphrase, saiba que é um recurso que fornece uma camada adicional de criptografia sobre a sua carteira com base na senha escolhida, há um artigo bem completo sobre Passphrase em nosso blog, para acessa-lo, clique aqui.

Leia os Termos de Serviço e confirme a ação pressionando o botão direito na sua Trezor One.

E agora para o próprio processo de recuperação: com o Modo de Recuperação Avançado, você escolherá as letras individuais das quais a palavra inicial é composta, como já mencionado. No visor do computador, você verá um teclado PIN, como o que você usa para inserir seu PIN.

Na Trezor wallet, porém, não haverá números. Em vez disso, você verá um teclado virtual composto por 9 botões (como o da tela), cada um atribuído a uma, duas ou até três letras. Você pode escolher a letra clicando no botão correspondente no seu computador. Assim como na entrada do PIN, você sempre terá um layout diferente.

Escolheremos as quatro primeiras letras para cada palavra. Cada letra requer uma seleção por conta própria. Isso significa que, no total, você clicará na tela do computador 96 vezes, assumindo que não precisará usar o backspace para corrigir sua escolha.

Por exemplo, digamos que nossa primeira palavra seja “heavy“. Para selecionar a primeira letra da primeira palavra, clique no segundo botão da primeira linha (primeiro botão da segunda coluna), no botão “H-L“.

Em seguida, selecionaremos a “segunda letra” da palavra. A segunda letra pesada é “E”, mas para facilitar, a Trezor One também fornecerá a letra anterior. Portanto, escolheremos o botão “HA-HE“.

Observe que essa seleção pode não ser necessariamente a segunda letra. Para encaixar todas as letras em um layout de 9 teclas, as teclas “J” e “K” precisavam ser ocultadas em “H-L“. Nesse caso, se sua palavra começar com “J ” ou “K“, você deverá inserir a primeira letra nesta segunda seleção.

Chegamos à terceira letra (próxima letra) da primeira palavra agora. Em comparação com a segunda opção, pode parecer um pouco mais complicado, mas, na realidade, não é tão ruim. Vamos explicar todas as opções, da parte superior esquerda para a parte inferior direita:

  • HA T-Z: As duas primeiras letras da palavra são “HA”, a terceira letra é qualquer letra de T a Z
  • HEL: auto-explicativo
  • HE N-R: As duas primeiras letras da palavra são “HE”, a terceira letra é qualquer letra de N a R
  • HAR: auto-explicativo
  • HA L-M: As duas primeiras letras da palavra são “HA”, a terceira letra é qualquer letra de L a M
  • ELE D-I: As duas primeiras letras da palavra são “ELE”, a terceira letra é qualquer letra de D a I
  • HA B-I: As duas primeiras letras da palavra são “HA”, a terceira letra é qualquer letra de B a I
  • HA N-P: As duas primeiras letras da palavra são “HA”, a terceira letra é qualquer letra de N a P
  • HEA: Auto-explicativo (fato interessante: significa também “relaxar” em cantonês)

Qual é o nosso? “HEA“.

Após a terceira letra, não há muito o que escolher. A lista de palavras do BIP39 foi criada deliberadamente para que não haja palavras com a mesma combinação de quatro letras. Tendo três escolhidos, restam apenas algumas opções. Escolha “heavy” no PIN-pad, agora encolhido, e você termina a primeira palavra!


Esperamos que você teste esse recurso! Mais uma vez, gostaríamos de agradecer a Jochen Hoenicke, que criou esta versão aprimorada da recuperação para a Trezor One!


Artigo original: blog.trezor.io

Nota: Artigo originalmente publicado em 2017 no blog da Trezor, traduzido e adaptado neste blog usando a versão 1.9.0 da Trezor One.

Sobre a Trezor

Criado pela SatoshiLabs em 2014, a Trezor One é a carteira de hardware original e mais confiável do mundo. Ela oferece segurança inigualável para criptomoedas, gerenciamento de senhas e serve como o segundo fator na autenticação de dois fatores. Esses recursos combinam com uma interface fácil de usar, seja você um especialista em segurança ou um novo usuário.

A Trezor Model T é a carteira de hardware da próxima geração, projetada com os benefícios da Trezor original em mente, combinada com uma interface moderna e intuitiva para maior experiência e segurança do usuário. Ela possui uma tela sensível ao toque, processador mais rápido e suporte avançado a moedas, bem como todos os recursos do Trezor One.

VOCÊ AINDA GUARDA SUAS CHAVES DE RECUPERAÇÃO EM UM PAPEL?

Um pedaço de papel tem um tempo de vida curto e está propício as intempéries da natureza. Além disso, já pensou se um desavisado da sua família – que não sabe do que se trata – vê um pedaço de papel repleto de palavras sem sentido e joga no lixo? Afinal, para quem não vive no mundo das criptomoedas, não faz sentido algum encontrar um pedaço de papel com palavras aleatórias anotadas.

Compre já sua KriptoSteel com preço especial de Lançamento, clicando aqui.

Compartilhe este artigo nas redes sociais

Veja outras categorias

Artigos relacionados